Carga Horária

25h

Local

A SELECIONAR

Valor

135€

Curso

Cultura de plantas aromáticas, medicinais e condimentares - Salsa, coentro, cebolinho e outras

agricultura

A formação profissional no sector agrícola é hoje uma ferramenta chave do sucesso de um projecto/negócio agrícola. Os pequenos agricultores instalados ou a instalarem-se, todos eles necessitam de ganhar competências nos aspectos técnicos das respetivas atividades através da formação profissional, pontos estes que fazem a diferença para a competitividade e sustentatibilidade económica ao longo do tempo.

A rentabilidade do negócio agrícola está intimamente ligada ao conhecimento prático que se tem para se fazer a operação certa na hora certa, ou seja na melhor oportunidade técnica, pois se uma operação cultural for mal executada, muitas das vezes só pode ser repetida ou melhorada no ano seguinte. Esta eficácia só se consegue com formação profissional que tenha por base o que é empregado nas explorações agrícolas, portuguesas ou estrangeiras, mais modernas e eficazes nos resultados.

O curso permite:

  • Desenvolver / reforçar competências de encontro aos seus objectivos, a quem já desempenha funções operacionais na agricultura.
  • Permite também facilitar/promover a reorientação profissional de operacionais que pretendam vir a trabalhar em especificidades deste sector.
  • Agregar competências num contexto de aperfeiçoamento contínuo e de aprendizagem ao longo da vida.
  • Efectuar as operações inerentes à instalação, manutenção, condução e colheita da cultura de Salsa, Coentro, Cebolinho e outras condimentares.

Programa Síntese

  • Salsa, Coentro, Cebolinho e outras condimentares
    • Importância económica e regiões de maior produção
    • Principais países produtores e consumidores
  • Botânica e fisiologia das plantas
  • Ciclo vegetativo
  • Exigências edafoclimáticas
    • Solo – textura/estrutura, drenagem, pH, salinidade
    • Clima – temperaturas, humidade relativa, luminosidade, dióxido de carbono
    • Água – água para rega, conservação da água
  • Instalação da cultura
    • Sistemas de cultivo – ar livre e sob-abrigo
    • Abrigos materiais, coberturas, dimensões e instalação
    • Desinfecção do solo e dos substratos – métodos culturais, físicos, químicos e biológicos
    • Mobilização do solo
    • Correcção e fertilização de fundo
    • Produção de plantas
    • Sementeira/Plantação – épocas e esquemas de plantação e controle das infestantes
    • Instalação e automatização do sistema de rega
  • Manutenção e condução da cultura
    • Fertilização de cobertura
    • Rega
    • Sachas/aplicação de herbicida
    • Técnicas culturais
    • Mondas
    • Cultura ao ar livre
    • Cultura sob-abrigo
  • Pragas, doenças e acidentes fisiológicos
    • Estratégia de protecção
      • Estimativa do risco e nível económico de ataque (NEA)
      • Meios de luta – luta cultural, luta biológica, luta química, biotécnica e outros meios de luta
    • Fauna auxiliar e outros organismos
    • Aplicação de produtos fitofarmacêuticos segundo a boa prática agrícola
    • Carências e excesso de nutrientes
  • Colheita e conservação
    • Avaliação do estado ótimo de colheita
    • Normalização e acondicionamento
    • Tratamento pós-colheita e soluções conservantes
  • Boas práticas de higiene e segurança no trabalho agrícola

Todos os nossos formadores são credenciados pelo IEFP. São também criteriosamente seleccionados através de metodologia própria e constam da Bolsa Nacional de Formadores.

Dispomos de formadores qualificados, com sólida formação técnica e pedagógica e com uma larga experiência profissional na área, para além de uma boa capacidade de relacionamento interpessoal, de modo a garantir a qualidade da formação ministrada.

Concluído o curso com aproveitamento, será emitido um Certificado oficial através da plataforma SIGO do Ministério da Educação.

As unidades de formação de curta duração (UFCD) facilitam a comparabilidade das qualificações e a (futura) atribuição e transferência de créditos entre subsistemas de educação e formação e na relação com o mercado de trabalho, consubstanciada a nível europeu no Quadro Europeu de Qualificações (EQF – ver link) e no  Sistema Europeu de Créditos para a Educação e Formação Profissional (ECVET – ver link).

LOCALIZAÇÕES:
O curso irá decorrer em várias acções a realizar nas cidades do Porto e de Viseu.

DATAS:
As acções neste curso têm uma programação trimestral. Faça a sua pré-inscrição e enviar-lhe-emos um calendário com as datas de realização.

Não existindo número suficiente de formandos para iniciar uma acção do curso pretendido na próxima data prevista, informaremos deste facto e proporemos uma data posterior.

A cadência semanal pode variar entre 2 ou 3 sessões semanais, de 3 ou 4 horas cada. Os cursos com duração igual ou inferior a 8 horas, decorrerão apenas num só dia.

Os detalhes de funcionamento e condições de pagamento para a inscrição definitiva, ser-lhe-ão comunicados para o seu e-mail.

Telf: +351 229 418 490
Fax: +351 229 482 556
4470 - 473 - Maia - Portugal
Rua Barão de S. Januário, 33 - 5º Andar Salas 51 / 52 / 55