A estrutura operacional da SINERCONSULT foi criada em Outubro de 2000. Foi constituída através de sociedade por quotas a 19 de Outubro de 2000, com a CAE-85591 (Rev.3 ) e o NIPC 505 153 157) e sediou-se então na Rua Eng. Duarte Pacheco, 2º andar – Maia.

Com o objectivo de construir uma plataforma inovadora na área da consultadoria integrada em factores dinâmicos de competitividade chave, localizou esta primeira sede na Área Metropolitana do Porto, e a partir daí, constituiu a unidade central de articulação dos diversos pólos geográficos de intervenção no âmbito da sua actividade.

A SINERCONSULT acredita-se pela primeira vez em 2001 no então INOFOR (Proc. 2787), desde logo em cinco dos seis domínios possíveis e com a mais alta classificação (AC1) começa a desenvolver os primeiros projectos de formação profissional em organizações de relevo no campo económico e social.

A empresa cresce graças a um trabalho de rigor e a uma permanente aferição dos seus resultados efectivos, quer na melhoria das competências e do desempenho nas estruturas de recursos humanos dos seus clientes, quer na melhoria da eficiência nos sistemas de gestão destes.

Este trabalho continuado gerou muito boas referências no mercado, referências essas que, por si só, atraíram a procura dos serviços prestados pela SINERCONSULT, nomeadamente de formação profissional contínua de activos, co-financiada pelo QCA III.

No âmbito do desenvolvimento da sua actividade formativa, a SINERCONSULT constatou à época, que o défice de escolarização e de qualificação profissional, em especial da indústria transformadora e do 3º sector era um obstáculo à capacidade competitiva destes sectores de actividade, bem como à melhoria da qualidade do emprego e ao desenvolvimento da cidadania, em condições de igualdade de oportunidades, por parte de todos os portugueses. Este permanente acompanhamento das entidades empregadoras, levou a que o seu sentido de especialização se tivesse tornado cada vez mais focado.

Através de actividades integradas de formação contínua, que não se limitaram apenas ao mero cumprimento de requisitos técnico/legais e normas processuais, a SINERCONSULT teve sempre uma prática de enriquecimento do valor intrínseco dos seus trabalhos pela via de uma atitude permanente de criação e desenvolvimento de novas abordagens, difusão de conhecimento e de princípios de natureza ética, em favor do binómio da competitividade e do desenvolvimento, deixando sempre uma marca de perenidade, marca esta que sempre surgiu e deverá surgir na esteira dos seus valores e da sua cultura organizacional.

Em 2005, a Sinerconsult renova pela segunda vez a sua acreditação no IQF (ex INOFOR), de novo com a máxima classificação (AC1).

Em linha com as “best practices”, desde 2005 até ao presente, temos vindo a posicionar-nos cada vez mais num segmento de grande exigência em matéria de “standards” de qualidade, o que nos tem facultado poder disponibilizar um serviço com um “levelling” superior, de encontro àqueles grandes desígnios, sendo que o temos feito através da promoção da especialização e da actualização de conhecimentos e competências do nosso corpo regular de colaboradores, da criação e desenvolvimento de novas metodologias de concepção e desenvolvimento da formação bem como de materiais pedagógicos e, não menos importante, da melhoria dos nossos sistemas organizativos internos.

Estas acções de melhoria contínua obrigaram também a um contacto de partenariado com o ecossistema envolvente, nomeadamente através da celebração de protocolos com parceiros que apresentavam factores “cluster” no desenvolvimento de trabalhos com um denominador comum de integração.

Em Junho de 2008, a Sinerconsult renova pela terceira vez a sua acreditação junto da DGERT (ex-IQF), novamente com a mais alta classificação (AC1).

No final de 2008, com a aprovação das candidaturas ao POPH, a Sinerconsult aumenta significativamente o seu volume de execução global em formação inserida no Catálogo Nacional de Qualificações.

Em finais de 2009, a SINERCONSULT mudou as suas instalações para um espaço mais moderno e amplo, agora com 210 m2 distribuídos por três zonas de trabalho, na Maia.

Actualmente, nestas instalações, acolhe agora uma estrutura de RH bem dimensionada para a actividade a desenvolver nos próximos anos.

A actividade formativa efectuada em contextos muito diversificados, desdeentidades privadas de diversos sectores (indústria metalomecânica, indústria alimentar, construção civil, hotelaria e restauração, comércio, IPSS, do Norte e Centro do país), a locais, dimensões das estruturas empregadoras, culturas organizacionais, mentalidades face ao progresso, ao trabalho e à formação, etc., levou a que, decorrente desta dinâmica, a SINERCONSULT acumulasse um portfólio muito rico de experiências formativas.

Em 2010 cria em Viseu uma estrutura de acompanhamento que está localizada na Rua do Inatel, nº 57, com uma área de 120 m2. Esta estrutura integrou uma equipa formada por um coordenador geral, três consultores, dois técnicos, seis coordenadores de projecto, dois administrativos e trinta e quatro formadores. Ao nível do perfil de actividade nesta região, é de referir que a SINERCONSULT teve uma intervenção no tecido social muito consistente, com particular relevância nas Instituições Particulares de Solidariedade Social.

Com a plena vigência do QREN, a actividade formativa tem especial relevância em entidades privadas de diversos sectores (hospitais, autarquias, indústria metalomecânica e mobiliário, indústria alimentar, hotelaria e restauração, comércio, IPSS, do Norte e Centro do país).

Em 2014 abre escritórios em Lisboa.

Em 2015, A SINERCONSULT certifica-se pela DGERT (Certificado N.º 2006/2015) em 29 áreas de educação e formação.

Com um suporte técnico complementar em consultadoria de gestão, persegue agora um modelo de intervenção orientado para o desenvolvimento de soluções integradas em torno de um conjunto chave de factores dinâmicos de competitividade que estão, cada vez mais, na base da obtenção de ganhos de eficácia e de eficiência, potenciando assim, a sustentabilidade futura das organizações económicas e sociais, públicas e privadas.

Relativamente à forma como encara a actividade de formação profissional, a SINERCONSULT tem uma noção muito clara das suas capacidades e faz permanentemente uma avaliação da sua capacidade de resposta, pelo que adopta sempre princípios de razoabilidade quando que se propõe ombrear qualquer projecto na sua actividade. A SINERCONSULT pautou-se sempre por uma política de rejeição de não conformidades, pelo que as responsabilidades que assume têm que estar sempre dentro da capacidade de resposta da sua estrutura operacional e da sua capacidade de gestão.

Saiba mais sobre nós, contacte-nos e o nosso departamento técnico entrará em contacto com a Vossa organização.

Telf: +351 229 418 490
Fax: +351 229 482 556
4470 - 473 - Maia - Portugal
Rua Barão de S. Januário, 33 - 5º Andar Salas 51 / 52 / 55