Cultura de inovação nos produtos

Uma organização de sucesso deve possuir uma cultura que proporcione sustentadamente o surgimento de diversas inovações ao longo do tempo.

A partir de acções de I&D, acompanhadas de uma reflexão estratégica e análise do produto/serviço, a Sinerconsult adoptasistemáticas em que se introduz permanentemente inovação nos seus produtos e serviços, gerando mais vantagens e valor para o cliente.

Cultura de inovação nos processos

A partir de processos de reengenharia interna (como fazemos), a Sinerconsult revê insistentemente os seus processos e práticas de trabalho, criando assim, novas soluções e internalidades, com consequências positivas na produtividade e competitividade da nossa organização.

As boas práticas

O diferencial competitivo das organizações funda-se cada vez mais no conhecimento que os seus colaboradores detêm, nas informações que a organização possui, recebe e transforma em conhecimento, e essencialmente, na correcta e eficiente disseminação dos mesmos.

A disseminação de boas práticas e de know-how útil, constitui, quando suportada em modelos estruturados, um instrumento de multiplicação pedagógica que contribui para uma gradual melhoria da produtividade e competitividade das organizações.

No sector da formação, a inovação coloca novos desafios às entidades formadoras, requerendo-lhes novas capacidades, pois defrontam-se com formas diferentes de aprendizagem e de desenvolvimento de competências.

Serão necessárias dinâmicas inovadoras da aprendizagem , tais como um reforço da atractividade pelo conhecimento e o estímulo da curiosidade pelo saber e pela utilidade das aprendizagens, incluindo metodologias inovadoras de difusão do conhecimento.

Neste capítulo, a SINERCONSULT promove permanentemente:

  • Disseminação do conhecimento e da informação– infra-estruturas e recursos que permitam aproximar quem aprende das fontes de saber.

  • Ganhos na relação custo-eficácia– sistemas e dispositivos de aceleração das aprendizagens que garantam ganhos e não comprometam a mobilização/motivação de quem aprende.

  • Novas competências dos actores nos processos formativos (formadores, tutores, animadores, supervisores, gestores de formação, conceptores, avaliadores, etc.)

Para além destas dimensões, estão sempre presentes preocupações que induzam as seguintes transversalidades operacionais:

  • Exequibilidade
  • Segurança
  • Confidencialidade
  • Respeito pela cidadania

Saiba mais sobre os nossos métodos de trabalho, contacte-nos e o nosso departamento técnico entrará em contacto com a Vossa organização.

Telf: +351 229 418 490
Fax: +351 229 482 556
4470 - 473 - Maia - Portugal
Rua Barão de S. Januário, 33 - 5º Andar Salas 51 / 52 / 55